A (IN) CONSTITUCIONALIDADE DA PENHORA DO IMÓVEL RESIDENCIAL (BEM DE FAMÍLIA LEGAL) DO FIADOR NO CONTRATO DE LOCAÇÃO A PARTIR DA DOUTRINAPERANTE A APLICAÇÃO DOS PRINCÍPIOS E DIREITOS FUNDAMENTAIS

Jaciara dos Santos Motta

Resumo


O presente artigo tem por objetivo analisar a (in)constitucionalidade da penhora do imóvel residencial (bem de família legal) do fiador no contrato de locação a partir dos posicionamentos doutrinários perante a aplicação dos princípios de direitos fundamentais.Abordou-se, primeiramente, o bem de família no que diz respeito a sua origem e aos tipos deste existente na legislação pátria e, em seguida, a penhora do imóvel residencial (bem de família legal) do fiador no contrato de locação diante do posicionamento do Supremo Tribunal Federal (STF), o qual atualmente, bem como os Tribunais de Justiça segue o entendimento consolidado de que é penhorável o bem de família legal do fiador no contrato de locação. Por último, se analisa os posicionamentos doutrinários perante a aplicação dos princípios de direitos fundamentais acerca da constitucionalidade e da inconstitucionalidade da referida penhora.
Apesar de já possuir entendimento consolidado, inclusive com repercussão geral, o breve estudo em apreço busca analisar a constitucionalidade ou não da referida penhora de acordo com a doutrina perante a aplicação dos princípios de direitos fundamentais.


Palavras-chave


Bem de Família Legal; Fiador; Locação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


rodape_610_610