Os resquícios de prova tarifada no processo civil brasileiro e sua influência no livre convencimento do magistrado

Autores

  • Marcio Vieira ESMESC, TJSC

DOI:

https://doi.org/10.14295/revistadaesmesc.v17i23.13

Palavras-chave:

Prova tarifada. Valoração da prova. Convencimento do magistrado.

Resumo

Pretende analisar os resquícios de prova tarifada no processo civil brasileiro e sua influência no livre convencimento do magistrado. Faz um retrospecto acerca da figura do magistrado, as decisões proferidas e os sistemas de conven-cimento. Traz à baila apontamentos sobre teoria
geral da prova e a forma de sua valoração. Elenca a forma pela qual a prova tarifada se manifesta no processo civil brasileiro e, então, define a postura do magistrado diante destes elementos probatórios em contraposição ao princípio do livre convencimento motivado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcio Vieira, ESMESC, TJSC

Aluno da Escola Superior  da Magistratura do Estado de Santa Catarina (ESMESC). Servidor do Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina – TJSC.

Downloads

Publicado

2010-11-27

Como Citar

Vieira, M. (2010). Os resquícios de prova tarifada no processo civil brasileiro e sua influência no livre convencimento do magistrado. Revista Da ESMESC, 17(23), 371–398. https://doi.org/10.14295/revistadaesmesc.v17i23.13

Edição

Seção

ARTIGOS