LUZ, J. H. A necessidade do elemento subjetivo para a caracterização do crime de lavagem de dinheiro: Uma análise à luz da teoria da cegueira deliberada e da teoria da imputação objetiva. Revista da ESMESC, [S. l.], v. 24, n. 30, p. 305–327, 2017. DOI: 10.14295/revistadaesmesc.v24i30.p305. Disponível em: https://revista.esmesc.org.br/re/article/view/172. Acesso em: 18 jun. 2024.